terça-feira, 3 de maio de 2011

Bombardeio

As pegadas do temor demoram a se apagar.

Bombardeio

Em ziguezague, descendo,
O acaso premeditado
Nos atingiu como um raio.

Num raio de tantas milhas,
Tantas águas, tantas ilhas,
Nós fomos alvo perfeito,
Eleito na mosca, em cheio.

E lá se foi como veio,
Num ziguezague constante,
O acaso premeditado.
Quase tudo como antes:
Ilhas, águas, tantas milhas
E um feroz temor aos céus.

18 comentários:

  1. oi Carla,querida...

    muitas vezes somos surpreendidos
    por medos que nem sabemos
    de onde eles vem...

    pensamentos em coisas boas,
    acho que são o melhor remédio para afastar
    esses medos...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. O que te provocou tão linda poesia é algo todo seu. O que provoca em seus leitores a emoção de um momento singular é o universo de cada um, amarrado em peitos e almas mas que se solta no encontro de suas palavras. Simplesmente bela!

    ResponderExcluir
  3. Em seu blog pela primeira vez desculpa tive a liberdade de entrar seguindo você.
    Eu amo poema não resisto a nem um blog de poesia.
    O seu tem poemas lindos sem medo de dizer ,Divino.
    No meu blog só posto poemas de amigos e amigas.
    Uma linda noite beijos no coração,Evanir.

    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Olá Carla minha cara poetisa, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!
    Penso que todos nós sentimos vez ou outra, estas sensações, chegam como tempestade de verão e como tal se vão, mas, sempre deixam qualquer pista não pra ser seguida e sim para que saibamos que sobrevivemos! Parabéns pelo belíssimo e sensível poema e pela linda imagem postada aqui. E assim deveras feliz por tua gentil e carinhosa visita e comentário desejo a você e todos ao redor intensa felicidade em seu viver, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  6. Querida Carla
    Assombrosa visão! E assombroso poema.
    Visão ou realidade está muito bem descrito; quem lê sente o medo retratado.
    Muito bom. Parabéns.

    Boa semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. A escola diminuiu consideravelmente o meu medo de raios; mas ainda estou longe de ver poesia nesses raios que riscam os céus em tardes de tempestade.
    Mas, como se vê em seus tão bonitos versos, a poesia nasce de onde menos se espera.
    Abraços, querida!

    ResponderExcluir
  8. Carla vim aqui solicitar uma pequena biografia e mais duas poesias para o Sarau de 14 de junho em que você vai ser homengeada. Aproveito para convidá-la para participar do sarau de 17 de Maio No Teatro Municipal Drº Losso Netto em Piracicaba
    "O Sarau mais alegre da cidade”
    Venha ouvir Poesia, Música, Teatro...

    Homenageados:Jovem Guarda e os músicos: Carlos Roberto (Beto) Suzana (Suzi) Furlan
    O Sara vai acontecer no Teatro Municipal de Piracicaba, dia 17 de Maio na terça-feira das 19:30 às 21:30h.
    Aberto a todos que queiram participar

    Abraços POéticos desta CaipiracicabANA Marly de OLiveira Jacobino

    ResponderExcluir
  9. Querida Carla, muito profundo, sem comentários! Beijos.

    ResponderExcluir
  10. No exato momento este poema nos atingiu. Momento cheio de "acasos premeditados. Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Maravilhoso poema repleto de profundidade.

    ResponderExcluir
  12. Querida Carla
    Ignoro se vc tem filhos... Por isso, na qualidade de mãe ou de Filha... desejo-lhe um feliz Dia das Mães, com muito amor e carinho.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Passando para deixar um grande Dia das Mães...
    Que o Domingo nasça em FLOR...
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi Carla...
    Não estamos livres do inusitado...
    Seus fortes versos me fizeram refletir!

    Desejo para você um feliz dia das mães!
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  15. Minha mãe E sua Mãe
    Que ao dar a benção da vida, entregou a sua...
    Que ao lutar por seus filhos, esqueceu-se de si mesma...
    Que ao desejar o sucesso deles, abandonou seus anseios...
    Que ao vibrar com suas vitórias, esqueceu seu próprio mérito...
    Que ao receber injustiças, respondeu com seu amor...
    E que, ao relembrar o passado, só tem um pedido:
    DEUS, PROTEJA MEUS FILHOS, POR TODA A VIDA!
    Para você mãe, um mais que merecido:
    Feliz Dia das Mães!
    Você merece!!!
    Meu abraço meu carinho para você

    Feliz Dia Das Mães.
    beijos e beijos com infinita
    ternura,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    Nosso Dia Das Mães..Brasil

    ResponderExcluir
  16. A você mulher divina e maravilhosa, meus parabéns pela sublime arte da maternidade, um abraço fraterno.

    Daniel Brandão.
    http://danbrandao.blogspot.com

    MAIO

    Maio,
    é o mês das flores,
    das noivas,
    e das mulheres.

    Maio,
    é o mês da ternura,
    da esperança,
    e do amor.

    Maio,
    é um mês sublime
    cheio de perfume no ar.

    Maio,
    é o mês da for suprema
    a flor “ MÃE”.

    Daniel Brandão.

    ResponderExcluir
  17. Tudo pode acontecer a qualquer momento devemos estar sempre alertas....
    mesmo na calmaria pode vir tempestades...
    poema com sentimentos profundos...ocultos...
    vim visitar seu lantinho....linda semana pra você de um céu bem azul....beijos

    ResponderExcluir