quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Cat Café

Um "cat café" não é nada disso, mas gostei da foto. :)

Oi, gente!

Vocês têm bichos de estimação? Sabem o que é um "cat café"?
Acabou de sair um texto meu a respeito, no Diário do Engenho. Chama-se "Animais Desestressantes". Acho que ficou bom. Vejam se gostam!

Obrigada pelos comentários!

Beijos!

20 comentários:

  1. Olá, Carla!
    Adorei a Narrativa!, rsss
    Teve partes geniais!, outras eu ri sozinha, como a "praga do jacaré", rsss
    Deliciosa sua narrativa..mas quero fazer um apontamento especial, ao menos para minha ótica:
    "Na infância, eu gostava de pensar que meus falecidos animais de estimação estariam me esperando no céu e que todos nós teríamos que esperar mais uns setenta anos até as tartarugas chegarem. Seria uma festa! Todos os meus bichinhos vindo me encontrar: cães, gatos, passarinhos, hamsters, macacos, jacaré…"...gosto da narrativa em que o autor se despe de qualquer assunto, inclusive o da morte, uma catarse...pois encontro muitas pessoas que acham isso algo incômodo, eu não creio, não devemos abafar o que nos vai na alma e encontrei isso no seu texto e amei, pois não pode ser uma tema-tabu...seja lá como nominamos a morte, ela tem uma lado que precisa nascer do autor e cair no papel e não ser controlável.
    Falo assim porque sofri muito em levar minha dissertação em frente, pois eu tratava da loucura, do suicídio..etc...e eu deveria ficar quieta..não fiquei!, não julguei minha autora: Sylvia Plath, apenas defendi os pontos de vista que cabiam a mim.
    Parabéns, narrativa primorosa, cheia de graça também...
    Um abraço carinhoso,


    Sapatinhos da Dorothy

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, Sandra! Seu comentário alegrou meu dia. E olha que não é fácil alegrar um dia que começou com um tratamento de canal. rsrsrs
    Estudei Sylvia Plath na faculdade, mas muito pouco. Sou fã de outra suicida, Virginia Woolf.
    Beijos, querida! Seu blog é ótimo.

    ResponderExcluir
  3. Carla, adorei a sua crônica, muito espirituosa. Amo tanto os animais que bem poderia ter um boi como animal de estimação...e dentro de casa, rs. O pior é que é verdade!!! Um beijo e parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Taí um programa muito bom, exceto pelo possível mal entendido:

    - Onde você esteve até agora benzinho?
    - Tomando um café e acariciando um gato muito fofo.
    - Como assim?
    - Ora bolas, paguei para poder tocá-lo, afagá-lo, até apertá-lo, de leve, é claro, pois estava em local público.
    - Quem fica com o cachorro de estimação?
    - Kkkkkk - Ela se derrete em risadas, antes de explicá-lo melhor onde esteve.

    Um abraço, Carla, adorei o texto.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa narrativa! Adorei e me diverti muito.
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  6. Oi,Carla. Adorei a Crônica.Esse cat café è fõfo! Os animaes são muito especiaes e amo todos. As vezes brinco, se pudesse teria todos. Bjo e obrigada sempre!!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Amiga
    Li o texto e gostei muito!
    eu amo animais de estimação.
    Agora estou com um gatinho, ele é lindo!

    tenha um lindo dia!
    abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  8. Querida Carla
    O seu texto é uma verdadeira delícia!
    Ou não adorasse eu animais... Infelizmente tenho que limitar-me a um caniche (meu bebé "velhote") porque, vivendo num apartamento, o espaço não dá para mais.
    Também gosto de animais selvagens. Gosto imenso de ir ao Jardim Zoológico (estive lá há uns três meses) tanto em Lisboa, como nos USA, aos quais (vários) já fui algumas vezes.

    Que a Primavera, além das flores, lhe traga uma chuva de benções.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Carla, a matéria é muito interessante a titulo de informação eu, ainda não tinha ouvido falar. Cada um tem um gosto. Gosto de animais, mas acho que na hora do café, do almoço ou jantar eles não deve estar por perto, por mais limpos que esteja. Eu tenho cahorro em casa e muito bem tratado. Sei que muitos vai discordar.

    Bj

    ResponderExcluir
  10. No inicio de seu texto senti uma certa compaixão, por pessoas que precisam alugar o carinho de um bichinho de estimação, fiquei imaginando tantas pessoas que vivem solitárias, querendo um abraço. Mas depois foi só alegria, um texto amoroso, cheio de graça e espiritualidade.
    Parabéns.
    Um abraço
    Beth

    ResponderExcluir
  11. Animaizinhos são mesmo desestressantes e os seus escritos são agradabilíssimos. Agora, tá certo que o cat café não seja alimento, mas que deu vontade de tomar esse cat capuccino da foto, ah, deu!

    ResponderExcluir
  12. Minha querida

    Um texto maravilhoso que adorei ler... e eu adoro animais, principalmente gatos, por isso achei maravilhoso.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Que a Paz e o Amor estejam
    sempre presente em sua vida Sinta o que você diz.
    Com carinho diz o que você pensa.
    Com esperança pense no que você faz
    para ser feliz e fazer as pessoas a sua volta feliz.
    com fé faça o que você deve fazer
    com esse carinho que tem no seu coração.
    Eu ganho força,coragem e confiança.
    E me sinto bem Através de cada mensagem
    que VOCÊ deixa no meu blog.
    Continue me abençoando com seu carinho
    Com muito amor agradecerei cada uma delas.
    Hoje tem aniversário do filho de uma amiga poetisa.
    venha parabeniza-lo .
    A união é tão gostoso não é mesmo?
    Uma semana linda encantada e acima de tudo abençoada.
    Beijos no coração.
    Evanir.
    Na próxima postagem vou falar como anda minha vida.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Carla. passando para desejar uma ótima semana pra vc. Obrigada sempre pelo carinho e generosidade. Vc é também muito amável! Volte sempre. Bjos!Quanto aos animaes adoro todos.

    ResponderExcluir
  15. Carla, querida amiga
    Muito obrigada por suas palavras sempre gentis.

    Pelo visto vc não teve dificuldade em comentar na minha «CASA»...
    Segundo me disseram já três blogueiros, (por email) ao quererem entrar no meu blog aparece aviso de vírus. Provavelmente terá acontecido a muito mais pessoas, e eu muito descansada sem saber de nada...
    É um aborrecimento que o blogger esteja constantemente com problemas destes...
    Segundo dizem há muitos blogs em que isso acontece, mas eu ainda não encontrei nenhum (nesta fase, que começou, parece-me, na passada quinta feira).
    Desejo que vc não seja atingida :), e que tenha uma boa semana, com muita paz.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Lerei seu texto na primeira oportunidade.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  17. Olá Carla, que tudo esteja bem contigo!

    Pois é prezada poetisa, é vivendo e lendo que ficamos sabendo e aprendemos!
    Estive por lá e gosto sempre dos teus escritos, tanto lá como cá, novidade para este seu amigo.
    É por isso que este teu espaço se chama Algo além dos livros.
    E grato pelas palavras por lá, é sempre confortante ter amigos assim, que se preocupam, obrigado mesmo!

    Assim eu deixo por cá meu desejo que você e todos ao redor tenham intenso e feliz viver, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  18. Adorei seu texto, Carlinha. Deixei meu comentário lá no Diário. Beijos :)

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde, Carla
    Sim, parece que o meu blog já está normal, tal como me disse um amigo (Zé do cão), a quem eu tinha pedido para ir vigiando...
    Recebi muitas informações por email, umas a pedido outras não, e dum modo geral todas falavam nesse site que vc refere.
    Eu, confesso, não fiz nada. O mal, assim como veio assim foi :)))
    Eu estava tão furiosa que decidi cruzar os braços e esperar que a crise passasse. E passou!
    Vamos ver quanto tempo teremos sem motivo para reclamções :)))

    Um beijinho GRANDE

    ResponderExcluir
  20. Nossa, Carla!

    Adorei a crônica. Vou até mandar para uma amiga.

    beijão

    PS: e a fotinha daqui é fofíssima =)

    ResponderExcluir