sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Encomenda Bélica

Reinterpretação de "Guernica", de Danny M. Valdez,
gentilmente cedida para este blog. Thanks, Danny!
*
Poema que obteve o primeiro lugar no "XI Prêmio
Cidadão de Poesia", de Limeira - SP, em 2008

Encomenda Bélica

Hoje encomendaram um poema bélico:
Versos que provassem
Que a verdade importa quando está comigo
E meu deus é grande porque mata mais.

Deve ser escrito em vermelho vivo.
Nada de vermelho cor de sangue, escuro.
Querem tons vibrantes de cereja ao sol
Inspirando gritos de guerra incontidos.

Querem ameaças contra céus e infernos:
Pobre do diabo que estiver ao lado
Dos meus inimigos!
Pobre do anjo inútil que pensar em paz!
Jazerá prostrado onde o deus dos sábios
Mutilado jaz.

16 comentários:

  1. Wow! Seu poema é espetacular!
    A D O R E I!
    Mas porque é que eu, que gosto tanto de poesia, não a sei escrever???
    Algum sortilégio me lançaram :))))

    Bom fim de semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Carla! Poema atualíssimo! Consagra-se em qualquer tumulto social de "cidadãos sem causa"!
    Veja: "... Que a verdade importa quando está comigo / E meu deus é grande porque mata mais"...
    E, assim caminha a humanidade... cada um com seu "deus", com seu "umbigo"!! Parabéns!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  3. "...a verdade importa quando está comigo...". Poema profundo e lindo, por isso alcançou a primeira colocação. Aceite, amiga Carla, uma flor virtual, branca, simbolizando a PAZ! Beijo no coração!

    ResponderExcluir
  4. BOA TARDE CARLA. VOCÊ É UMA INCENTIVADORA DA LITERATURA. APRECIO MUITO O SEU JEITO DE SER E GOSTARIA DE PARABENIZÁ-LA POR ENRIQUECER MEU UNIVERSO. QUANTO AO POEMA ELE É INQUIETANTE, POIS DESVELA NOSSA NATUREZA PRECÁRIA, ONDE USAMOS TODAS AS ARMAS, INCLUSIVE "DEUS" PARA JUSTIFICAR AÇÕES HEDIONDAS.

    ResponderExcluir
  5. Minha querida

    Um poema muito profundo...uma verdade de todos os tempos.
    Mereceu o prémio.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Um poema lindíssimo Carla. Merecidamente o prêmio. Beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Forte...
    Adorei o poema e a imagem é fantastica também!
    Beijos Carla! Excelente semana pra vc!

    ResponderExcluir
  8. Dou de cara e de primeira com a Mariazita e ela diz que não sabe escrever poemas mas dá shows em suas histórias.
    Bem, este poema é um poema por demais dolorido, porém é bem isso que vem acontecendo, minha amiga - disputas de poderes entre anjos e diabos...
    Bem construído, sem eufemismos. Nu e cru, como a atualidade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Oi, Carla!
    Não é fácil conter o sentimento bélico contra os que se pensam detentores da verdade. Você, corajosa e talentosa, atirou com a poesia. Certeiro disparo!

    ResponderExcluir
  10. Carla prêmio merecido,,,
    Aos que acreditam que são donos da verdade um dia círá suas máscaras,estamos caminhando para a verdade revelada....
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Crítico,contundente,humano. Chega de guerras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Teus versos mostram a destreza de tua espada mais afiada: tua língua. Que revelada em poesia alcança a dimensão de uma amazona que sai para guerrear, e guerreia.
    Parabéns!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde Amiga
    Vim agradecer a sua visita ao meu cantinho, obrigada pelo seu carinho, assim que estiver mais forte voltarei para te ler e comentar.
    Tenha um lindo dia
    Com carinho
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  14. Olá poetisa Carla, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!

    Desculpe a demora, estava com problemas de conexão com esta tal de rede.
    O poema, bem somente em ler este teu atualíssimo e belíssimo escrito temos a idéia do que deseja dizer, e encimado por esta imagem ficam completamente expostos os teus pensamentos. Palavras diretas, que criticam, mas que no mesmo instante despejam uma intensa dose de humana suavidade, bem assim tão a sua maneira e sensibilidade e, que este ou aquele se sintam injustiçados. Parabéns por mais este belíssimo e sensível escrito que compartilha com os virtuais amigos!
    É como sempre digo, por cá tem sempre Algo além dos livros.
    E deveras agradecido por tuas visitas e comentários eu deixo meu desejo que você e todos ao teu redor tenham um intenso e feliz viver, grande abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  15. A precisão da seleção vocabular e a força do ritmo dos versos contraem, nesse seu poema, um conjunto perfeito de forma e sentido: é campeão!

    ResponderExcluir